RESULTADO PESQUISA

CSN Mineração tem preço alvo atualizado pelo Credit Suisse

O banco Credit Suisse atualizou o preço-alvo para as ações da CSN Mineração (CMIN3) para R$12,00 por papel e manteve sua classificação outperform, acreditando em uma valorização do ativo. A ação fechou em R$6,70 no último pregão (10), o que resultaria em uma valorização de 79%.

LEIA MAIS
Smart Fith, Academia

SmartFit valoriza mais de 34% em seu primeiro dia na Bolsa de Valores

A SmartFit (SMFT3) estreou na Bolsa de Valores nesta quarta-feira (14) com ações disparando mais de 34%. A empresa se torna a primeira rede fitness na bolsa brasileira. Com ações precificadas em R$23,00, a ação teve forte alta no pregão tendo negócios a R$29,45 com alta de 28% às 11h e fechando com valorização de 34%.

LEIA MAIS
hospital barra dor

A estreia de sucesso da Rede DO’r na Bolsa de Valores

Fundada em 1977 no Rio de Janeiro, a Rede D’Or teve sua estreia hoje (10) na Bolsa de Valores de São Paulo. A oferta pública inicial de ações (IPO) foi precificada na última terça feira (8), movimentando R$11,39 bilhões. A ação da empresa teve sua precificação em R$57,92, no centro da faixa indicativa de preço de oferta, que era de R$48,91 a R$64,35. A casa de análise Eleven indicou o preço alvo em R$81, bem acima do preço da reserva.

LEIA MAIS

Vitória de Joe Biden e os impactos no Brasil

Apesar de Joe Biden ser eleito o 46° presidente dos Estados Unidos nesse final de semana, ao ultrapassar a marca de 270 votos eleitorais, o clima ainda é de tensão, pois Trump se recusa a aceitar a vitória do democrata

LEIA MAIS

Quem é Milton Maluhy Filho, escolhido para comandar o Itaú?

Milton Maluhy Filho foi escolhido pelo conselho de administração do Itaú Unibanco para assumir a presidência da instituição nesta quinta-feira (29). O motivo da substituição é a idade limite do atual presidente, Candido Bracher, que completa 62 anos em dezembro. Milton assumirá em fevereiro de 2021 o cargo mais alto do maior banco privado do país.

LEIA MAIS

Frustração no mercado financeiro com nova onda de Covid-19 na Europa

A tão esperada recuperação do mercado financeiro parece estar um pouco mais distante. Em setembro, o mercado que aparentava seguir o movimento de alta foi mais direcionado para a realização e correção e isso aconteceu por conta de alguns fatores: a vacina, que tinha previsão para o segundo semestre, ainda sem data; o número de casos do Covid-19 teve aumento relevante no continente Europeu; os dados em relação a atividade global são mais fracos; a incerteza em relação as eleições americanas e o pacote de estimulo fiscal.

LEIA MAIS

PIX: o futuro das transferências

Você provavelmente ouviu recentemente sobre uma nova modalidade de transferência de dinheiro, com previsão de início em novembro, que deverá ser feita de maneira fácil e poderá ser usada para pagar serviços ou contas (água, luz, etc), depositar para amigos, comprar produtos, e uso em serviços públicos.

LEIA MAIS